Por: Andréa Leonora

Em todo o estado, milhares de pessoas escolhem dedicar uma parte do seu tempo para ajudar outras pessoas que precisam. E essa característica solidária de Santa Catarina foi fundamental para os excelentes resultados da Ação Amigos do Pátria Voluntária, realizada durante o mês de fevereiro em Florianópolis.

O projeto de incentivo ao voluntariado, liderado nacionalmente pela primeira-dama da República, Michelle Bolsonaro, e aqui no estado pela primeira-dama, Késia Martins da Silva, resultou em milhares de horas dedicadas a fazer o bem nas cinco instituições participantes: Serte, Avoc Cepon, Hemosc, Aflodef e Grupo Dorcas da Adfloripa.

Com isso, Santa Catarina foi o terceiro estado mais ativo dentre todos os que aderiram à ação. Além disso, o Grupo Dorcas ficou entre as cinco primeiras instituições do país em engajamento de voluntários.

“O voluntariado faz parte da nossa história aqui em Santa Catarina. É muito bonito de ver, quem pode fica feliz em ajudar o próximo, em estender a mão. Esse reconhecimento nacional ajuda a incentivar que ainda mais pessoas se voluntariem a fazer o bem”, ressalta a primeira-dama do Estado, Késia Martins da Silva.

O evento de encerramento da Ação Amigos do Pátria Voluntária ocorrerá em Brasília, no dia 31 de março. Na ocasião, serão homenageados os estados e as instituições mais atuantes. Na mesma cerimônia, ocorrerá a entrega do Prêmio Pátria Voluntária – Edição 2020. Santa Catarina também é destaque nesta premiação, que reconhece atividades de voluntariado de todo o país. Na categoria Voluntariado na Região Sul, o vencedor é o projeto Crescer e Semear, de Blumenau, liderado por Lidiane Barbosa.

Secom