Por: Coluna Pelo Estado

O vôo 2246 da Gol aterrissou as 8h40min deste domingo (24) na pista molhada da Aeroporto Internacional de Florianópolis trazendo cerca de 47 mil doses da vacina Oxford/Astrazenica, produzida na Índia. Os imunizantes foram levados para o Almoxarifado Central da Secretaria de Estado da Saúde e nesta segunda-feira (24) começam a ser distribuídos para os 295 municípios de Santa Catarina.

Conforme o secretário André Motta Ribeiro, após a chegada carga, foi feita a conferência do quantitativo e a divisão de acordo com a demanda de cada cidade. As fortes chuvas que preocupam as autoridades de segurança em todo o estado podem dificultar a entrega do imunizantes. “Seguiremos a mesma logística das doses da CoronaVac. Levaremos por terra, com caminhões, e se houver teto, por avião para o Extremo Oeste e Oeste”. André Motta Ribeiro recebeu a carga ao lado do superintendente do Ministério da Saúde em Santa Catarina, Rogério Ribeiro.

Segundo ele, essas doses devem ser aplicadas de uma só vez no grupo prioritário – profissionais da Saúde que atuam na linha de frente e idosos que residem em Institutos de Longa Permanência, além dos indígenas. “A vacina da Oxford vai ser aplicada de uma vez só, até porque a segunda dose deve acontecer em 120 dias e até lá a promessa de que receberemos mais 100 mil a 120 mil doses”, destacou, lembrando que o déficit para este primeiro grupo está em torno de 80 mil doses.

O respeito à regras sanitárias, para o secretário, ainda devem ser obedecido por todos, uma vez que a chegada das vacinas nçao autorizam o relaxamento no enfrentamento da doença. “Por favor, cuidem-se”, concluiu.

EWALDO WILLERDING - PELO ESTADO