Por: Coluna Pelo Estado

A Comissão Especial do impeachment formada na Assembleia Legislativa de Santa Catarina para analisar o pedido de afastamento do governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), da vice, Daniela Reinehr (sem partido) e do Secretário de Administração, Jorge Tasca, fará sua derradeira reunião na próxima terça-feira, 15, às 9h. Na oportunidade, será lido e votado o relatório da comissão e, segundo a assessoria do deputado Luiz Fernando Vampiro (MDB), relator da comissão, o texto está pronto, podendo sofrer poucas mudanças até amanhã.

Vampiro fará a leitura do parecer que deve dar continuidade ao processo de impeachment contra o governador catarinense. Segundo apuração da Coluna Pelo Estado nos bastidores da Comissão, não há nenhuma chance de o relatório indicar o arquivamento do processo.

O relatório foi produzido por Vampiro (MDB), com ajuda do relator-adjunto, Jessé Lopes (PSL). De acordo com a assessoria de Jessé, a construção foi conjunta, desde o início e não houve necessidade ou tentativa de intervenção do deputado do PSL, pois tudo foi elaborado em conjunto “de forma bastante harmoniosa”, destacou a assessoria do parlamentar.

Sem sessão da Assembleia nesta segunda, 14, Vampiro passou a tarde em reunião de trabalho com sua equipe jurídica. Se aprovado o parecer favorável ao pedido de impeachment do governador na comissão, o futuro de Moisés será definido em Plenário, o que pode ocorrer no início da próxima semana.

O ponto central deste pedido de afastamento é o reajuste salarial concedido aos procuradores do Estado, por meio de decisão administrativa sigilosa, sem autorização legislativa. Moisés ainda responderá a outro pedido de impeachment, aceito por Julio Garcia (PSD) no dia 3 de setembro.

 

 

 

Nícolas Horácio/Pelo Estado.