Por: Andréa Leonora

O Programa Nascer, voltado a viabilizar negócios inovadores, recebeu 342 inscrições de ideias que agora poderão virar negócios. Os responsáveis pelos projetos selecionados terão cinco meses gratuitos de mentorias, palestras e workshops oferecidos pelo programa, abrigado em espaços colaborativos, os Co-creation Labs. A iniciativa acontece em 15 cidades catarinenses: Blumenau, Brusque, Caçador, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joaçaba, Joinville, Lages, Rio do Sul, São Bento do Sul, Tubarão e Videira.

A Fundação de Amparo à Tecnologia de Santa Catarina (Fapesc) responde pela iniciativa, em parceria com o Sebrae-SC. As inscrições começaram em novembro de 2019 e foram encerradas em 15 de fevereiro.

Os inscritos passarão por duas etapas do processo seletivo. Primeiro, as ideias serão avaliadas por bancas escolhidas em cada região. Feita essa peneira, será o momento de entrevistas individuais. A escolha dos que ingressarão no programa levará em conta o problema que a ideia pretende solucionar, as características da solução proposta, o grau de inovação, o perfil da equipe, o segmento de clientes e a escala que o negócio pode alcançar. Os nomes dos selecionados serão divulgados no dia 02 de março no site da Fapesc.

 

Apoio regionalizado

O presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen, chama a atenção para a regionalização do programa, que abrange todo o estado. “O Nascer está presente em todas as regiões de Santa Catarina, dando oportunidades para que esses talentos empreendam e permaneçam nessas regiões. Com isso, contribuirão com o surgimento de novos negócios, novas ideias e, por consequência, com o desenvolvimento econômico regional e estadual.” Ele destacou a parceria com os Centros de Inovação, que “fortalece ainda mais o ecossistema de inovação em Santa Catarina”.

Professor de Design na UFSC e fundador do Co-creation Lab, Luiz Salomão Ribas Gomez conta que a grande procura pelo programa mostra o potencial do estado para a economia criativa. “Todo grande empreendimento começa com uma boa ideia”, disse ao afirmar que o Programa Nascer dá todo o suporte para que os candidatos a empresários inovadores saiam prontos para o mercado.

(Da Assessoria de Imprensa, com edição de Andréa Leonora)