Por: Coluna Pelo Estado

A Associação de Produtores de Energia de Santa Catarina (Apesc), desde sua fundação em 2007, realiza pela primeira vez em sua história a Assembleia Geral Ordinária (AGO) totalmente virtual devido a pandemia do COVID-19 que atinge todo planeta. Ela será gravada e irá eleger a próxima diretoria para o biênio 2020-2022. O evento acontece nesta quinta-feira, 02/07, às 18h, com segunda chamada às 18h15. As chapas poderiam ser inscritas até o final do dia, da terça-feira, 30 de junho.

O atual presidente Gerson Pedro Berti, deve permanecer no comando da associação por mais dois anos. Um dos responsáveis por aumentar em cerca de 50% os números de associados da entidade, desde que assumiu, Berti protagonizou fatos relevantes para o setor de produção de energias limpas em Santa Catarina. Em 2015, quando estava como Diretor de Desenvolvimento da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e Sustentável de Santa Catarina (SDS), criou o SC+Energia, programa catarinense de energias limpas. Naquele momento de crise foi um divisor de águas no aumento de emprego e renda para os catarinenses e também na ampliação da receita dos cofres públicos.

“Esta atual diretoria trabalhou muito pela Geração Distribuída, pela celeridade nos processos ambientais, cobrando que todo rito seja seguido conforme a lei, mas que não demore mais de 10 anos para um empreendimento começar a produzir. Acho que alcançamos alguns objetivos, em que pese os percalços no caminho, a nossa luta prosseguirá em determinação e importância. Éramos cerca de 70 associados em 2016, hoje somos mais de 100, afinal, agora esta categoria, uma das mais importantes para economia, se sente representada. Éramos pequenos e médios geradores, hoje, em nossas fileiras, juntaram-se empresas multinacionais, geradoras de destaque nacional e mundial, enfim, produtores de energia em Santa Catarina. Agregamos o gás natural na nossa matriz de fontes, que possui também representantes de eólica, solar, biomassa e, especialmente, da fonte hídrica”, explica o presidente.

Perfil

Nascido em Descanso, no Oeste catarinense, formado em Administração e Direito, Gerson Pedro Berti, chega aos 56 anos, realizados no mês de junho, como presidente da Associação dos Produtores de Energia de Santa Catarina (APESC), seguindo para o terceiro mandato seguido. Entusiasta do setor de energias renováveis, Berti, é também vice-presidente do Sindicato da Indústria de Energia de Santa Catarina, que tem como presidente o empresário Glauco José Côrte. Além disso, Berti também é Auditor Fiscal da Secretaria de Estado da Fazenda, e possui passagens importantes pelo serviço público: foi diretor da Celesc, Presidente da SC PAR, diretor de Desenvolvimento da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável SC e chefe de gabinete da presidência da Eletrosul.