Por: Coluna Pelo Estado

Entre janeiro e 29 de junho deste ano, 60 pessoas morreram durante ações policiais em Santa Catarina. Em média, é um morte a cada três dias. O recrudescimento da violência policial ganhou espaço para discussão nacional recentemente após vários estados apontarem crescimento dessa letalidade, que já era alta, durante a pandemia. Aqui no estado, entre março e junho, se comparado com o mesmo período do ano passado, essas mortes em confrontos aumentaram 85%.

As discussão é complexa e divide as instituições da Segurança Pública e estudiosos, que  apontam que a alta da violência policial está na contramão do próprio conceito de Estado democrático. Por outro lado, temos uma Justiça que ainda se inibe em se debruçar sobre esses fatos e julgar caso a caso, como deveria ser. Das 64 mortes em ações policiais registradas em Florianópolis, apenas 7% tiveram encaminhamentos no Tribunal do Júri.

Por outro lados, as polícias argumentam que as mortes são frutos de confrontos, situações tensas, com pessoas armadas. Mas parece ter dificuldades de utilizar as body cams, câmeras corporais dos policiais, para demonstrar a legitimidade das suas ações. Isso tudo sem se falar na falta de transparência que há sobre esses casos. Os dados são escassos e de baixíssima qualidade para fins de controle social.

A revelação dessas informações estão em reportagem apurada e publicada nos portais Folha da Cidade, de Florianópolis, e portal Catarinas, e revela que Santa Catarina não está muito longe da realidade que vemos na TV.

:. Leia PDF da coluna Pelo Estado desta sexta-feira, 10 de julho 

No limite

Hospital São José, de Joinville, anunciou superlotação de leitos para pacientes da covid-19 em ofício assinado pelo diretor Niso Balsini. A cidade tem o maior número de casos confirmados, mais de 3 mil, e também lidera o número de óbitos, com 50 mortes.

Safra 

A soja vem aumentando continuamente sua área plantada no Estado, avançando por espaços que antes eram ocupados principalmente por plantios de milho e pastagens. Entre as safras 2018/19 e 2019/20 a área plantada com o grão em Santa Catarina aumentou 2,35%, enquanto que a produtividade reduziu em 4,76%, resultando em uma produção total 2,52% menor do que no ciclo anterior.

SMS Covid

O governo catarinense já enviou já enviou mais de três milhões de mensagens via SMS sobre casos confirmados de covid-19 aos cidadãos catarinenses. O serviço avisa sobre casos da doença no entorno e serve como mais um reforço à população da importância em adotar as medidas de prevenção.

FGTS para atingidos

O senador Dário Berger (MDB) está atuando junto ao governo federal liberar o saque imediato dos recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) aos catarinenses afetados pelo ciclone bomba que assolou o estado. Um ofício foi enviado ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e ao ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. Moradores de mais de 200 municípios foram atingidos.

Álcool em gel

A Polícia Civil de Tubarão e Araquari, junto com o Procon estadual, interditaram quatro fábricas de álcool em gel no Estado. A ação resultou na prisão em flagrante de três pessoas. Foram constatados que diversos produtos não obedeciam aos critérios de qualidade e eficiência preconizados pela legislação e pela Anvisa. Eles apresentavam concentração do álcool etílico abaixo dos 70% conforme anunciado.