Por: Coluna Pelo Estado

Após o Governo do Estado liberar novamente o retorno do transporte coletivo em Florianópolis nesta sexta-feira, 7, a Prefeitura da Capital, por meio da Secretaria de Mobilidade e Planejamento Urbano, informa que o serviço retorna na próxima segunda-feira, 10 de agosto.

Por outro lado, em oito regiões do estado o transporte será proibido por ais sete dias. As medidas levam em consideração o mapa de risco das regiões. Na Capital, o status passou de gravíssimo para grave. Atualmente, oito regiões estão classificadas com risco gravíssimo de contaminação da covid-19 e serão impactadas por um novo decreto.

O transporte coletivo urbano municipal e intermunicipal está proibido por mais sete dias a partir de segunda-feira, dia 10 de agosto, nas seguintes regiões de saúde: Alto Vale do Itajaí, Médio Vale do Itajaí, Foz do Rio Itajaí, Nordeste, Carbonífera, Extremo Sul, Alto Vale do Rio do Peixe e Meio Oeste. Para as regiões classificadas em risco grave, a retomada do transporte coletivo fica autorizada pelo Governo estadual, porém as prefeituras possuem autonomia para restringir essas atividades.

Em Florianópolis, Os usuários devem estar atentos às mudanças em horários, trajetos, pontos de embarque e integrações. Alterações foram feitas visando otimização da frota para um melhor atendimento à população. Algumas viagens extras foram incorporadas na frota convencional para atender linhas de maior demanda, por exemplo. Três novas linhas foram criadas para atender a região Norte.

A administração municipal orienta os usuários a planejarem com antecedência para evitar aglomerações nos pontos de embarque e terminais devido à pandemia da Covid-19.

As informações relacionadas às linhas de interesse podem ser consultadas no aplicativo ou site do Floripa no Ponto: https://www.floripanoponto.com.br/; pelo site do Consórcio Fênix: https://www.consorciofenix.com.br/horarios ou pelo site da Prefeitura de Florianópolis http://www.pmf.sc.gov.br/servicos/index.php?pagina=onibus.

As regras contidas no protocolo sanitário de prevenção à Covid-19 no transporte coletivo continuam em vigência. Todos os passageiros devem utilizar máscaras de proteção facial e quanto ao pagamento da passagem, será aceito somente o cartão pré-pago.

Mudanças importantes nas linhas

164 – Córrego Grande via Poção e 163 – Córrego Grande – A linha 164 terá mais horários, a qual passará a atender também os usuários que utilizavam a linha 163.

136 e 138 – Volta ao Morro Saída Sul – Essas linhas farão integração com as demais linhas no Titri, ampliando as possibilidades de deslocamento para quem está no terminal. Quem utiliza essas linhas sentido Centro pode ir até o Titri ou embarcar no ponto mais próximo desse terminal na Rua Prof. Milton Roque Ramos Krieger ou no ponto da Rua Odilon Fernandes.

135 e 137 – Volta ao Morro Saída Norte – Essas linhas farão integração com as demais linhas no Titri, ampliando as possibilidades de deslocamento para quem está no terminal. Os pontos de embarque que haviam na Rua Lauro Linhares foram modificados temporariamente e quem utiliza essas linhas no sentido UFSC pode embarcar no ponto mais próximo do Titri na Rua Prof. Milton Roque.

183 e 186 Corredor Sudoeste – Essas linhas tiveram seus nomes alterados para 183 – Corredor Sudoeste via Saco dos Limões e 186 – Corredor Sudoeste via Túnel e passam a operar com um novo itinerário e quadro de horários. Os usuários que utilizavam a linha 153 – Costeira do Pirajubaé serão atendidos pelas linhas 183 e 186.

Linhas 660 – Aracy Vaz Callado e 844 – Bairro de Fátima – Essas linhas terão seus itinerários unificados, criando portanto, uma nova linha, a 844 – Bairro de Fátima via Aracy Vaz Callado, que passará a atender os usuários que utilizavam a 660 e 844.

287 – Rio Vermelho via Vargem Grande- Linha nova que começa a operar oferecendo mais horários para os usuários da Vargem Grande e uma opção mais rápida para o Rio Vermelho.

288 – Circular Rio Vermelho e 289 – Circular Vargem Grande via Rio Vermelho – Novas linhas que vão operar oferecendo mais opções e horários para os usuários do Norte.

 

Outros pontos nas regiões críticas

A concentração e a permanência de pessoas em espaços públicos de uso coletivo, como parques, praças e praias também fica suspensa a partir deste sábado, 08, por sete dias nas oito regiões com classificação gravíssima. As medidas abrangem 133 municípios, que representam 55,5% da população catarinense.

Também para os 133 municípios, o texto do novo decreto prevê novas regras de testagem, monitoramento e rastreabilidade de contatos em casos de coronavírus nas empresas. As normas estão sendo construídas em conjunto com as entidades representativas dos setores e serão publicadas em Portaria do Centro de Operação de Emergência em Saúde (COES).

O decreto ampliou, ainda, por mais 14 dias, a partir de segunda-feira, 10, para todo o território catarinense, a suspensão de atividades culturais, como cinemas, museus, espetáculos e shows, e da abertura de casas noturnas. As competições esportivas estão liberadas para acontecer sem a presença de público e seguindo o regramento determinado pelo COES, também pelo prazo de 14 dias a contar de segunda-feira, 10. As aulas presenciais dos ensinos infantil, fundamental, médio e EJA seguem proibidas até o dia 7 de setembro nas redes pública e privada.

Com informações da PMF e Gov do Estado