Por: Coluna Pelo Estado

O governo do estado de Santa Catarina distribuiu nesta quinta-feira, 6, um lote com medicamentos do chamado “kit intubação” para 39 unidades hospitalares do estado. O material veio do Ministério da Saúde e deve garantir o atendimento nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). A distribuição, que atende a unidades filantrópicas e também a administradas pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), foi definida de acordo com os estoques apresentados pelos hospitais na última terça-feira, 4.

A SES recebeu, nesta semana, um lote com 30.450 ampolas de Fentanil 10 mL, 23.400 ampolas de Rocurônio 5mL, e 38.650 ampolas de Atracúrio 2,5ml para distribuição aos hospitais com leitos UTI ativos para tratamento de covid-19.

A distribuição desta semana garante estoque suficiente para 10 dias de consumo, no mínimo, de acordo com os números dos próprios hospitais. Semanalmente, os hospitais com leitos UTI-Covid no estado informam, por meio de formulário eletrônico, o saldo de estoque e previsão de consumo mensal de sua unidade.

Os dados são compilados pela Diretoria de Assistência Farmacêutica (DIAF) e encaminhados ao Conselho Nacional de Secretários de Saúde – CONASS. Eles servem de base para o Ministério da Saúde calcular o quantitativo de medicamentos a ser enviado ao estado para distribuição. Para saber como foi a distribuição, acesse este documento.

“É importante reforçar que ações de distanciamento social e de higiene podem frear o ritmo de contágio, permitindo que não utilizemos todas os leitos de UTI disponíveis. A população precisa compreender e colaborar nesse sentido. É um momento em que nos afastamos de quem gostamos ou dos momentos de lazer, mas esse distanciamento é que pode fazer a diferença”, disse o secretário da saúde, André Motta Ribeiro.

No último dia 23, a SES também recebeu 325 ampolas de Cisatracúrio, besilato 2 mg/mL, ampola 10 mL, que também foram distribuídas. Os hospitais com estoque zerado tiveram prioridade, depois, as unidades com estoque aproximado para quatro dias de consumo.

Com informações do Governo de Santa Catarina.