Por: Coluna Pelo Estado

Com apoio do governador Carlos Moisés e ladeado pela presidente da Epagri, Edilene Steinwandter, Altair vai apresentar os programas de apoio à resiliência hídrica, com um panorama da estiagem, as ações da secretaria para investimento em água e as práticas exitosas na captação, armazenamento e distribuição de água e conservação do sol

“Vamos investir mais de R$ 100 milhões este ano em programas e ações para minimizar os impactos da estiagem em Santa Catarina. É um marco sem precedentes que dá o start a uma política continuada, que se estenderá pelos próximos anos”, lembra o secretário da Agricultura, ao citar o novo aporte de recursos garantido pelo governador com a sanção da Lei 18.137/2021.

Altair Silva prossegue:.” Nossa intenção é que cada propriedade rural possua um mecanismo de reservação de água; assim, os agricultores poderão enfrentar os tempos de adversidade e essa água se transformará em produção, renda e desenvolvimento para o nosso Estado”.

A Secretaria da Agricultura irá aplicar os R$ 100 milhões em programas existentes e também no apoio direto aos municípios. Esses recursos se somarão às ações já executadas para minimizar os efeitos da crise hídrica e fomento ao setor produtivo, que chegam a R$ 243,5 milhões este ano.

Na semana passada, a Assembleia Legislativa aprovou também a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 2/2021, de autoria do Poder Executivo, que facilita o repasse de recursos do Estado para os municípios catarinenses. Assunto de extrema importância, sob a liderança de Altair, a PEC altera dois artigos da Constituição Estadual a fim de definir que transferências voluntárias realizadas pelo Estado para os municípios sejam consideradas especiais. Isso permite a dispensa de celebração de convênios entre as duas esferas, algo que, na prática, diminui a burocracia para a liberação de recursos tão necessários às gestões municipais.

Com ação destacada à frente da Agricultura, Altair Silva segue em roteiro intenso pelo estado, apresentando programas, entregando os resultados de sua gestão e ouvindo direto de produtores rurais, prefeitos e vereadores as principais demandas. Sua atuação ao mesmo tempo técnica, dinâmica e efetiva tem inspirado elogios de governos de outros estados, como o do vizinho Rio Grande do Sul.

Não perca!

  • O quê: Apresentação dos Programas de Apoio à Resiliência Hídrica em Santa Catarina
  • Quando: quinta-feira, dia 8, às 19h
Pelo Estado