Por: Coluna Pelo Estado

O novo chefe da Casa Civil do Governo de Santa Catarina, nomeado pela governadora interina Daniela Reinehr, é o general da reserva Ricardo Miranda Aversa. A posse correu na manhã desta terça-feira, 27, em Florianópolis. O ato ocorreu na primeira reunião do colegiado com a nova chefe do executivo catarinense no Teatro Pedro Ivo.

“O general Miranda é uma pessoa que foi escolhida pela sua formação, pela carreira e pela habilidade de circular em todos os setores da sociedade catarinense. É uma pessoa de bom trato e em quem eu confio muito, seguindo os mesmos princípios que eu defendo, como austeridade, simplicidade, eficácia. Ele vai me ajudar a resolver os problemas que teremos pela frente, dentro da legalidade!”, afirmou a governadora sobre o novo chefe da Casa Civil.

Natural do Rio de Janeiro, o general Ricardo Miranda tem ampla formação militar e atuou por vários anos em Florianópolis. Até janeiro de 2020, era comandante da 14ª Brigada de Infantaria Motorizada do Exército da capital, quando foi para a reserva.

Ao assumir o cargo no Governo nesta manhã, o novo chefe da Casa Civil destacou como será sua atuação. “Será um trabalho muito próximo da governadora, fazendo essa interlocução do Poder Executivo catarinense com a Assembleia Legislativa, o Governo Federal, empresariado e demais entidades da sociedade civil, sempre com foco no amplo diálogo. Vamos ouvir muito para melhor atender as demandas da nossa sociedade”, disse.

Breve perfil acadêmico

O general de reserva Ricardo Miranda tem 37 anos de serviço ativo no Exército. Ingressou na vida militar aos 18 anos e se graduou em Ciência Militares, pela Academia Militar das Agulhas Negras, no Rio de Janeiro.

Ao longo de sua trajetória, fez vários cursos de especialização, como na Escola de Material Bélico, no Centro de Comunicação Social e no Centro de Estudos de Pessoal. Além disso, possui pós-graduação na Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais, na Escola de Comando do Estado-Maior e formação em Gestão de Projetos (MBA) pela Fundação Getúlio Vargas. Na Alemanha, fez Curso de Base Logística Conjunta na Escola de Logística das Forças Armadas.

No exército, ocupou cargos em vários estados brasileiros e também nos Estados Unidos. Confira:

1987 – 1990 –  Oficial subalterno no 1º Batalhão Logístico – RJ
1990 – 1993 – Instrutor do Instituto Militar de Engenharia – RJ
1995 – 1996 – Oficial do Parque Regional de Manutenção/12 –  Manaus – AM
1997 – 1998 – Chefe do COAL do 17º Batalhão Logístico – Juiz de Fora – MG
1999 – 2001 – Instrutor da Escola de Aperfeiçoamento Militar – Rio – RJ
2004 – Oficial da Seção de Planejamento da 5ª Região Militar – Curitiba – PR
2005 – 2007 -Oficial da 14ª Brigada de Infantaria Motorizada – Florianópolis – SC
2008 – 2009 – Comandante da Escola de Material Bélico (EsMB) – Rio – RJ
2010 – 2011 – Assessor do Gabinete do Comandante do Exército – Brasília – DF
2011 – 2013 – Subchefe da CEBW | Washington – DC –  EUA
2013 – Oficial de Ligação junto ao FMS/US Army| Huntsville – Alabama – EUA
2014 – 2016 – Subchefe do GPG no Comando Logístico – Brasília – DF
2016 – 2017 – Chefe do Estado-Maior do CMSE – São Paulo – SP
2018 – 2019 – Comandante da 14ª Brigada de Infantaria Motorizada – Florianópolis -SC