Por: Coluna Pelo Estado

Em Blumenau, mais um efeito duro da pandemia de coronavírus. Após as duas paralisações no transporte coletivo, a Blumob, empresa responsável pela circulação de ônibus na cidade, convocou centenas de funcionários para a sede da empresa nesta segunda-feira, 27, para entregar cartas com aviso prévio de demissão.

De acordo com o Sindicatos dos Trabalhadores do Transporte Coletivo de Blumenau (Sindetranscol), em reuniões para tratar do assunto, realizadas na semana passada, a Blumob alegou que não aguenta pagar as contas, que a volta da normalidade vai demorar e que precisa discutir o tamanho da empresa a partir disso. Na visão dos empresários, seria necessário demitir entre 250 a 450 trabalhadores.

O sindicato tinha uma assembleia marcada para o próximo sábado, 1º de agosto, no Terminal da Fonte, mas os trabalhadores foram surpreendidos, no final de semana, com o chamado da empresa e o aviso prévio de demissão para centenas de trabalhadores.