Por: Coluna Pelo Estado

A retomada das atividades em quadras de futebol amador de Santa Catarina – proibidas de funcionar durante a pandemia da covid-19 – foi tema de uma reunião virtual entre representantes do segmento e o deputado Coronel Mocellin (PSL), nesta quinta-feira, 27. O parlamentar recebeu um apelo para que defenda, junto ao Grupo Estadual de Ações Coordenadas (Grac), um parecer pela liberação da atividade. Na quarta-feira, 26, representantes das quadras fizeram uma manifestação em frente a Alesc buscando a liberação da atividade.

Mocellin comprometeu-se a levar o pleito adiante na reunião desta sexta-feira do Grac, colegiado consultivo que assessora o governo do Estado nas decisões sobre a pandemia do novo coronavírus. “Vou ser a voz de vocês, tentar ajudar como puder”, afirmou o deputado.

Os representantes do segmento se comprometeram a adotar procedimentos de prevenção contra a contaminação do vírus, descritos em uma cartilha que será entregue ao governador Carlos Moisés da Silva. Os empresários pedem, também, que a decisão de reabrir as quadras seja repassada aos municípios, a partir de protocolos determinados pelo Grac.

Problemas financeiros

O tom da reunião foi de lamento pela situação financeira causada pela paralisação das atividades. “Muitos proprietários de quadras estão gastando o que não têm. Não sabemos mais o que fazer”, disse Alcionei Stuart. Segundo o grupo, os pequenos empreendimentos estão à beira da falência. “Estamos no respirador há muito tempo. Tem óbito de empresas, que não voltam mais”, comparou Paulo Maes, outro participante do encontro. “Não se pode mensurar quantas já fecharam”, lamentou.