Por: Coluna Pelo Estado

O governador Carlos Moisés participa nesta terça-feira, 2, em Brasília, de uma reunião com a União Química Farmacêutica Nacional. A empresa protocolou junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) o pedido para uso emergencial no Brasil de 10 milhões de doses da vacina Sputnik V. Outros governadores também confirmaram presença na reunião.

Na sequência, está previsto encontro com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira. Na pauta, também estão questões referentes ao enfrentamento à pandemia.

Santa Catarina aplicou um total de 238.766 doses (D1 + D2) da vacina contra o novo coronavírus na população dos grupos prioritários desde o início da vacinação no estado, no dia 18 de janeiro.

Deste total, 180.199 correspondem à Dose 1 (D1) e 58.567 à Dose 2 (D2). Os dados foram divulgados nesta segunda,1º de março, no Balanço Parcial de Vacinação da Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina, elaborado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) com informações fornecidas pelos municípios catarinenses.

Os grupos prioritários que estão sendo vacinados neste momento são: os trabalhadores da saúde, os idosos e pessoas com deficiência institucionalizados, a população indígena e os idosos com mais de 80 anos. 

Cobertura vacinal (D1) nos grupos prioritários que já iniciaram a vacinação

Trabalhadores da saúde: 72,18%

Idosos institucionalizados: 114,19%

População indígena: 71,40%

Idosos com 90 anos e mais: 61,73%

Idosos com 85 a 89 anos: 32,93%

Idosos com 80 a 84 anos: 9,42%

Cobertura vacinal (D2) nos grupos prioritários que já iniciaram a vacinação 

Trabalhadores da saúde: 27,74%

Idosos institucionalizados: 85,88%

População indígena: 44,53%

Idosos com 90 anos e mais: 1,60%

Idosos com 85 a 89 anos: 0,06%

Idosos com 80 a 84 anos: 0,01%

Pelo Estado