Por: SC Portais

A secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL), que quase foi desativada, já tem, agora oficialmente, um novo titular. Graduado em Administração e pós-graduado em Economia e Gestão, com foco em Planejamento, Orçamento e Gestão Pública, pela Fundação Getúlio Vargas, Tufi Michreff Neto tomou posse ontem pela manhã em uma solenidade rápida, mas bastante prestigiada. Além do governador Eduardo Moreira, compareceram ao ato prefeitos, secretários municipais de Turismo, vereadores, o presidente da Santur, Valdir Walendowsky, o ex-governador Casildo Maldaner, o deputado federal Mauro Mariani (MDB-SC), responsável pela indicação de Tufi para o cargo, entre outras lideranças políticas e empresariais. Por estar fora do país em missão pelo Ministério do Turismo, Vinicius Lummertz não pôde participar, mas mandou mensagem em vídeo na qual falou sobre a competência do novo secretário. Ele pediu apoio do próprio governo, dos deputados e do trade turístico para o novo secretário. “O Turismo deve ser prioridade, ainda mais para o estado mais turístico do país, que é Santa Catarina”, declarou o ministro. Em seu discurso, Tufi falou da importância do setor para a movimentação econômica do Estado e disse que vai “fazer mais com menos”, reconhecendo as dificuldades financeiras do Estado. Já Moreira destacou as obras e ações em andamento, mas ressaltou que será necessária a formação de Parcerias Público-Privadas (PPPs) para manutenção de rodovias e outros equipamentos públicos, como os centros de eventos. O governador voltou a justificar o desligamento de comissionados, num total de 428, a fim de reduzir custos e atender às determinações do Tribunal de Contas (TCE-SC), da Constituição e da Lei de Responsabilidade Fiscal. “Santa Catarina é um estado espetacular. A máquina pública pode estar emperrada, mas o estado vai bem”, comemorou.

Veto rejeitado, mercado ampliado

Foto: Frutuoso Oliveira

Agora é lei. A Assembleia Legislativa derrubou o veto do Governo ao projeto de lei 397/17, do deputado Valdir Cobalchini (MDB), que amplia a área de comercialização de produtos de pequenas agroindústrias apenas com o Serviço de Inspeção Municipal (SIM). Com a nova lei, os produtos poderão ser comercializados dentro da área de abrangência de cada uma das 21 associação de municípios existentes em Santa Catarina. Ontem, o deputado Cobalchini e o presidente da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola (Cidasc), Beto Farias, responsável pela Fiscalização, definiram como vai funcionar a inspeção a partir do projeto.

Todo orgulhoso
Durante a solenidade de posse na SOL, Moreira fez referência à matéria divulgada em rede nacional, no domingo à noite, mostrando que Jaraguá do Sul é a cidade mais segura do país. Disse que Segurança Pública é elemento na atração de visitantes e que enquanto outros estados perdem turistas pela insegurança, como o Rio de Janeiro, Santa Catarina ganha. Por outro lado, falou do prejuízo para o turismo do estado causado pelas péssimas condições das rodovias, sejam estaduais ou federais.

Saúde  Moreira ainda informou que foi entregue ontem, de forma oficial, o relatório final da auditoria feita pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-SC) sobre a dívida da Secretaria da Saúde. De acordo com o levantamento, a dívida da pasta com fornecedores, municípios, associações e federações de hospitais passa de R$ 1,08 bilhão.

Questionado sobre a redução de pessoal na Secretaria, anunciada por Moreira, Tufi disse que a SOL já tem uma estrutura bastante enxuta e que, ainda assim, apoia a decisão. “Vamos qualificar os nossos recursos humanos para que, tendo poucas pessoas, sejam de alta qualidade”, adiantou. Outra saída vai ser usar as estruturas da Santur, que é uma empresa de economia mista vinculada à Secretaria, e das fundações  (Fesporte e FCC).

Presidenciável Chega hoje a Santa Catarina o ex-ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que se filiou recentemente ao MDB e colocou seu nome para disputar a presidência da República. Meirelles é um dos nomes mais respeitados da área financeira nacional e mundial. Ele estará em Santa Catarina para o almoço-debate organizado pelo Grupo de Líderes Empresariais (LIDE-SC), no qual vai fazer palestra com o tema Desafios e perspectivas da economia para 2018.

Lixo O Ministério Público junto ao Tribunal de Contas do Estado notificou 55 municípios catarinenses que precisam instituir o Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PGIRS). A relação completa está em scportais.com.br