Por: SC Portais | 20/10/2018
Os candidatos ao Executivo estadual, Gelson Merisio (PSD) e Comte. Moisés (PSL), tiveram mais uma oportunidade de apresentar seus planos para Santa Catarina. Eles participaram do Diálogo com Candidatos, promovido pelo Conselho das Federações Empresariais de Santa Catarina (Cofem) e realizado ontem na sede da Federação das Indústrias (Fiesc). O que se viu, tanto de um quanto de outro, foi o reforço do que vêm dizendo nas entrevistas, nos atos políticos e nos programas eleitorais de rádio e TV.
O que houve de mais novo foi a declaração de Moisés de que não deverá aumentar impostos. Merisio não ficou para trás e já anunciou que, se eleito, reduzirá a alíquota de ICMS de 17% para 12% para o setor industrial, tomando o cuidado de não levar prejuízo a outros segmentos econômicos. Fora isso, enquanto o pesselista admitiu que seu plano de governo apenas traça linhas gerais, o pessedista apontou problemas e, ao mesmo tempo, as soluções possíveis. O ponto mais claro de convergência entre os oponentes foi a necessidade premente de enxugamento da máquina pública, e do uso desses recursos na melhoria dos serviços essenciais para a população.
A pimenta ficou por conta dos ataques, por vezes nada sutis, reforçando o mesmo que têm dito nos programas de TV. Enquanto Moisés insinuava que Merisio é a representação da velha política, Merisio provocava com a falta de experiência de Moisés para lidar com questões complexas de Estado.

Tema: Proteção à Mulher

Foto: Luis Debiadi

 

Gelson Merisio: “Punição exemplar”
“Quem agride mulher, além de criminoso, é um COVARDE. A cultura da violência contra a mulher se combate em duas frentes: com educação, conscientização desde a infância, e com punição exemplar para aqueles que praticam esse ato de covardia. Educar desde a primeira infância as crianças para que não sejam adultos agressores dará resultado no médio prazo. No curto prazo, a solução é a punição exemplar e a segurança para que a mulher se sinta acolhida na hora de denunciar, com delegacias especializadas que funcionem. As estatísticas são inaceitáveis e retratam o quanto ainda temos que evoluir. É preciso enfrentar esses números crescentes de frente para reduzir o número de feminicídios em Santa Catarina.”

Imagem enviada pela Assessoria de Imprensa do candidato

 

Comte. Moisés: “Papelo protagonista”

“Falar em importância da mulher na sociedade já é algo comum nos dias de hoje. Cada vez mais a figura feminina assume um papel de protagonista e vem conseguindo aumentar seu espaço nas estruturas sociais. Nos últimos 12 meses, mais de 40 mil mulheres foram vítimas de violência em Santa Catarina e este dado não só nos preocupa, como alerta para que mudanças sejam feitas rapidamente na busca de se preservar a vida da mulher. Recentemente, a Polícia Militar lançou um programa chamado Rede Catarina de Proteção à Mulher e este é um dos quais estaremos valorizando e fomentando. Além disso, iremos criar delegacias específicas para atendimento da mulher, que irão proporcionar uma atenção rápida, uma proteção policial e um trabalho focado na prevenção, dando mais acessibilidade de intervenção policial.”

Como parte do projeto Cobertura Eleições SC 2018 – Jornais Impressos e Digitais, a Coluna Pelo Estado está trazendo pequenos artigos dos candidatos que disputam o segundo turno ao governo do Estado – Comandante Moisés (PSL) e Gelson Merisio (PSD). Já foram tratados os temas Diferenças Regionais, Segurança Pública, Educação, Infraestrutura, Tecnologia e Inovação. O projeto especial de cobertura das eleições é uma iniciativa da Associação de Diários do Interior (ADI-SC) e da Associação dos Jornais do Interior (Adjori-SC), além de veículos independentes, somando quase um centena de jornais impressos e digitais. Os conteúdos anteriores estão em scportais.com.br e em adisc.com.br