Por: SC Portais

Em todas as regiões de Santa Catarina estão sendo realizados eventos de encerramento do programa Agentes Locais de Inovação (ALI), desenvolvido pelo Sebrae-SC. Foram 30 meses de trabalho em que 40 agentes capacitados estiveram inseridos no dia a dia de pequenas empresas. O objetivo era diagnosticar problemas ou melhorias possíveis para, então, implantar ações inovadoras. Cerca de 1.700 empresas, dos setores de indústria, comércio e serviços de 85 cidades catarinenses, participaram dessa edição do programa.

Segundo a analista técnica do Sebrae-SC e coordenadora estadual do ALI, Luciana Oda, essas empresas tiveram a oportunidade de mudar suas estratégias de negócios. “O que pretendemos com o ALI é levar a cultura da inovação para uma empresa. Para isso, foram utilizadas ferramentas de diagnóstico de gestão e radar da inovação. Essas duas ferramentas dão embasamento para que os agentes, junto com os empresários, realizem um planejamento e verifiquem onde desenvolver ações inovadoras que, quando implementadas, dão os resultados esperados”, conta.

Os eventos de encerramento iniciaram no dia 28 de março e seguem até o dia 23 de abril. Durante os encontros, são apresentados cases de sucesso que participaram do projeto e, na maioria dos eventos, é realizada a palestra Tempo de Inovar, com o consultor do Sebrae-SC Luciano Pinheiro.

Chegou chegando

Foto: Karina Ferreira / Agência AL

 

A deputada Ada Faraco De Luca (MDB) voltou com gás total para a Assembleia, depois de um tempo no secretariado de Raimundo Colombo. Além de apresentar indicações para problemas específicos da região Sul catarinense, que representa no Parlamento, ela já protocolou três propostas: a que institui a Política Estadual de Formação e Capacitação Continuada de Mulheres para o Mundo do Trabalho, para reduzir a dependência financeira que por vezes prolonga a convivência com companheiros agressores; a que estabelece o Censo Quadrienal de Pessoas com Transtorno do Espectro Autista, a fim de definir políticas públicas adequadas com o devido orçamento; e um anteprojeto de lei para a Campanha Permanente de Combate ao Machismo e a Valorização da Mulher nas Escolas Estaduais de Santa Catarina, como forma de coibir abusos e atos violentos contra o público feminino desses estabelecimentos.

“Hoje, 73% da receita fiscal do Estado tem base em cinco grandes setores. Os demais podem e devem ser movimentados para estimular a competitividade. Queremos aprofundar esse tema com gente qualificada, governo enxuto e empoderamento regional efetivo, não como um processo de retórica.”

Deputado Gelson Merisio, pré-candidato ao governo estadual pelo PSD, durante Sabatina em Rio do Sul

Há quem diga que o quadro eleitoral de Santa Catarina está ainda mais indefinido, justamente por conta da decisão de se fazer cumprir a pena tão logo ocorra a condenação em segundo instância de pré-candidatos envolvidos em crimes. Um político experiente de Santa Catarina, que já ocupou vários cargos executivos e legislativos, disse em conversa com a reportagem da Coluna Pelo Estado que a medida pode atingir nomes importantes que estão se colocando como candidatos para a disputa eleitoral desse ano. É esperar para ver o que vai dar.

A migração do deputado Fernando Coruja do MDB para o Podemos abriu uma disputa interessante entre seus possíveis herdeiros em Lages. Na edição de ontem, a Coluna Pelo Estado falou da intenção de se candidatar a uma vaga na Assembleia Legislativa do chefe de gabinete de Coruja, Juarez Mattos, que ficou no MDB e já foi abençoado pelo governador Eduardo Moreira. Só que o ex-vereador Mushue Hampel declarou em seus espaços virtuais que será o indicado do partido em Lages. Outro que vem se apresentando para a vaga é o vereador Thiago de Oliveira.

Percorrida Celos A Fundação Celesc de Seguridade Social (Celos) iniciou a já tradicional Percorrida de Prestação de Contas. A apresentação passará por 53 cidades catarinenses nos próximos meses, mostrando aos participantes os resultados dos investimentos feitos em 2017. Também será apresentado o Portal da Transparência, ferramenta que possibilitará acesso, por exemplo, a investimentos, planos assistenciais e custos administrativos da Fundação. A próxima parada da percorrida será na próxima quarta-feira (18), em Chapecó e São Miguel do Oeste.