Por: SC Portais

Coordenadora da Bancada Feminina da Assembleia Legislativa no último ano, a deputada Luciane Carminatti (PT) está se preparando para passar o comando, no próximo dia 4, à deputada Dirce Heiderscheidt (MDB). Fazem parte do relatório que vai apresentar no encerramento de seu período os inúmeros debates que organizou e as ações que promoveu para fortalecer a participação das mulheres nos espaços de decisão. Um dos mais importantes movimentos feitos por Luciane foram os Seminários Regionais Pelo Fim da Violência Doméstica contra a Mulher, que passou pelos municípios de Guarujá do Sul, Lages, Iporã do Oeste, Mafra, Caçador, Orleans, Ipumirim, Ipuaçu, Campos Novos, Blumenau, Chapecó e Florianópolis, abrangendo as 12 regiões.
Realizados em parceria com a Escola do Legislativo da Assembleia e o Movimento de Mulheres Camponesas (MMC-SC), os seminários miraram na definição de estratégias e ações, articuladas em rede, para prevenção, assistência, proteção e garantia dos direitos de mulheres em situação de violência. No último encontro, em Florianópolis, foi assinado o compromisso pela implantação do Pacto Estadual Maria da Penha, com a participação da coordenadora das Delegacias de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCamis), delegada Patrícia Zimmermann D’ Ávila, presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (Cedim-SC), Sheila Sabag, promotora do Ministério Público (MPSC) Helen Corrêa Sanches e a defensora Pública-Geral do Estado, Ana Carolina Cavalin. Além de Luciane e Dirce, compõem a Bancada Feminina da Assembleia as deputadas Ada Faraco de Luca (MDB) e Ana Paula Lima (PT).
Começo da despedida

De uma maneira ainda um tanto informal, na noite de terça-feira (19) começaram os ritos de despedida do empresário Glauco José Côrte da presidência da Federação das Indústrias (Fiesc). Durante um evento organizado para jornalistas na sede da própria federação, Côrte lançou uma coletânea de artigos publicados por ele, transformada no livro A Indústria em Perspectiva. Na mesma noite foi lançada a 30ª edição do Prêmio Fiesc de Jornalismo, o mais tradicional do estado. Durante seu discurso na abertura do Pautas & Panelas, promovido pela Associação Catarinense de Imprensa (ACI), o presidente da Fiesc ressaltou o fato de Santa Catarina ser o único estado do país que está há 16 anos sem aumentar impostos. Também falou dos avanços obtidos com projetos como o A Indústria pela Educação, que foi ampliado com a agregação de mais entidades e virou o SC pela Educação. “É possível mudar. Basta que haja mobilização.” Na foto, o próximo presidente da Federação, Mario Cezar de Aguiar, o atual presidente, Glauco Côrte, e o presidente da ACI, Ademir Arnon. Côrte deixará o comando da Fiesc em agosto e assumirá a vice-presidência Regional Sul da Confederação Nacional da Indústria (CNI), passando a responder por Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná. | Foto: Marcos Campos/Fiesc

Procuram-se mulheres O MDB-SC está procurando mulheres que queiram colocar seus nomes à disposição do partido para as próximas eleições. Mas com uma resslava: as candidaturas devem ser pra valer, ou seja, não só para cumprir a exigência feita pela Justiça Eleitoral, que determina que os partidos devem reservar 30% das candidaturas para mulheres. Tanto que 30% do Fundo Especial de Financiamento de Campanha, por decisão do Superior Tribunal federal (STF), também devem ser destinados às campanhas encabeçadas por mulheres.

Só nas proporcionais De acordo com a presidente do MDB Mulher-SC, deputada Dirce Heiderscheidt, essa busca é para a composição das chapas proporcionais. Pelo jeito, os homens ainda dominarão a chapa majoritária em mais esta eleição.

A noiva da vez para as eleições no Estado parace ser mesmo o deputado federal João Paulo Kleinübing (DEM-SC).  Ele vem sendo visto de forma frequente ao lado do também deputado Esperidião Amin (PP-SC), que até participou da reunião do PV em declaração de apoio à Kleinübing. Este retribuiu comparecendo ao evento do PP, em Blumenau. Além de Amin, o bom relacionamento que Kleinübing mantém com Mauro Mariani (MDB) e Paulo Bauer (PSDB) ampliam a probabilidade de ele estar na majoritária de algumas das chapas.

IPTU Digital A falta de receita tem tirado o sono de muitos prefeitos. Para reduzir a inadimplência, a prefeitura de Rio do Sul, no Alto Vale, envia lembretes via SMS (mensagem de celular) do vencimento do IPTU aos contribuintes. O pagamento pode ser feito no próprio aparelho por meio do aplicativo Atende.Net, desenvolvido pela catarinense IPM Sistemas. A solução também permite marcar consultas nos postos de saúde, verificar a disponibilidade de medicamentos, emissão de guias para pagamento de ISS, entre outros serviços.