Por: SC Portais | 25/01/2018

Enquanto Santa Catarina sofre com a sequência de temporais e com a destruição causada por vendavais, raios e alagamentos em diferentes cidades, o governador Raimundo Colombo e o secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, estão em Washington (EUA) para tratar justamente deste tema. Colombo apresentou as principais ações de seu governo na prevenção e reação às intempéries climáticas durante a abertura do segundo dia do Seminário sobre Emergências Complexas e Desastres em Grande Escala, no Colégio Interamericano de Defesa, da Organização dos Estados Americanos (OEA). Na terça-feira (23), os dois apresentaram carta-consulta ao Banco Mundial a fim de obter recursos para as próximas etapas de obras de contenção de cheias e intervenções em rios, notadamente nas regiões da Foz, Médio e Alto Vale do Itajaí. Ao mesmo tempo em que admitiu que há muito a ser feito, Colombo comemorou os avanços e a valorização do trabalho feito em Santa Catarina. Preparando-se para deixar o comando do Executivo, ele destacou para um público formado por representantes de diferentes países que este “não é um trabalho de governo, mas de Estado”. Também ontem, só que em Brasília, o senador Dário Berger (PMDB-SC) participou de audiência com o ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, e com o secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, coronel Newton Ramlow, que é catarinense. Acompanhando o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, o senador pediu celeridade na liberação de recursos para os mais de 20 municípios afetados pelos temporais. O assunto deve ser aprofundado em uma videoconferência marcada para segunda-feira (29).

Celesc na final
Mais uma vez, a Celesc figura entre as finalistas do Prêmio Índice da Agência Nacional de Energia Elétrica de Satisfação do Consumidor (IASC). Este ano, a companhia concorre em três categorias: Melhor Distribuidora da Região Sul e Melhor Distribuidora do País entre as empresas com mais de 400 mil unidades consumidoras, e Maior Crescimento 2016/2017. Elaborado desde 2000, o levantamento é um dos mais importantes do setor elétrico, pois permite avaliar a satisfação do consumidor residencial com os serviços prestados pelas distribuidoras de energia elétrica. Os dados foram aferidos em entrevistas a quase 25 mil consumidores residenciais de 600 municípios atendidos pelas 96 distribuidoras brasileiras. Entre os quesitos analisados estão a qualidade e o valor (relação custo-benefício) percebidos, a satisfação global, a confiança no fornecedor e a fidelidade. Os resultados são utilizados para subsidiar o aprimoramento dos instrumentos regulatórios e a priorização das ações de fiscalização. A cerimônia de premiação será no dia 1º de fevereiro, em Brasília.

Nome na lista

O senador Dalirio Beber (PSDB-) apareceu em uma lista que circula pelas redes sociais com nomes de senadores citados na Operação Lava Jato, ou derivadas, e que, se não forem reeleitos, perderão o foro privilegiado, podendo ser investigados. Em resposta à Coluna Pelo Estado por meio de sua assessoria, Beber se disse tranquilo por estar certo de que não cometeu qualquer ato ilícito. E completou informando que sequer há definição se disputará reeleição ao Senado ou a algum outro cargo nas próximas eleições. Beber assumiu a cadeira na Casa com o falecimento de Luiz Henrique da Silveira.

Chapa única

A comissão eleitoral da Federação Catarinense de Municípios (Fecam), composta por prefeitos e diretores, homologou ontem a chapa única para eleição do Conselho Executivo e Fiscal 2018/2019. A chapa confirmou o nome do prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni (PMDB) para a presidência da entidade.  Eleição e posse acontecem na tarde da próxima quarta-feira (31), na sede da Fecam, em Florianópolis. A homologação da chapa única cumpre o acordo de alternância entre partidos e regiões. Morastoni sucederá a presidente Adeliana Dal Pont, prefeita de São José.