Por: SC Portais

Cerca de mil professores e profissionais para a área administrativa das escolas serão efetivados hoje no quadro do Magistério estadual. São os aprovados no concurso público realizado no ano passado pela Secretaria de Estado da Educação e que recebeu perto de 40 mil inscrições. A posse será realizada nas 36 Regionais simultaneamente, em evento organizado pelas Gerências Regionais de Educação e pela Coordenadoria da Grande Florianópolis. Mesmo de férias o secretário da Educação, Eduardo Deschamps, vai prestigiar a posse na Capital. Na ocasião do lançamento do concurso, ele destacou as vagas para o quadro administrativo, demanda frequente das regionais. Serão empossados hoje 600 professores do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) e do Ensino Médio, e 400 profissionais para a área administrativa – Assistente de educação, supervisor escolar, administrador escolar e orientador educacional -, para atuar nas escolas da rede pública estadual de ensino, incluindo as escolas indígenas. A professora aposentada e secretária-adjunta da pasta, Elza Moretto, lembrou que é o segundo concurso em menos de seis anos, com mais de 5 mil profissionais efetivados. “Chegam para contribuir com o trabalho já realizado pelos cerca de 20 mil profissionais efetivos da educação.”

Impostos em baixa, empregos em alta

O discurso que o governador Raimundo Colombo fará na abertura do ano Legislativo, na próxima terça-feira (6), já foi encaminhado para a Assembleia. Conforme a Coluna Pelo Estado adiantou na edição de ontem, ele fará um balanço das atividades de 2017, destacando as vantagens competitivas de Santa Catarina. Vai ressaltar, por exemplo, que a decisão de não aumentar impostos, mesmo diante da arrecadação em baixa, foi uma estratégia corajosa do governo, necessária para proteger a economia catarinense, bem como a geração de empregos. O resultado da coragem foi o saldo de 29.441 vagas (Caged/MT), o que garantiu a Santa Catarina o status de estado que mais gerou emprego no país no último exercício. “A mais corajosa medida foi não aumentar impostos, na contramão do que fez a maioria dos estados brasileiros. Seria injusto jogar a crise mais uma vez no colo do cidadão. O dinheiro em circulação era a garantia de retomada da economia e da geração de empregos, ainda que aos poucos. Nossos resultados foram surpreendentes”, afirma Colombo, no texto enviado para a Assembleia. Na foto, registro de 2017 da leitura da Mensagem Anual do Governador.

É no dia a dia das cidades que podemos medir o grau de desenvolvimento da nação. Hoje iniciamos um novo desafio e eu proponho uma gestão compartilhada, com articulação permanente com as associações de municípios.
Prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, ontem, durante a posse como presidente da Federação Catarinense de Municípios (Fecam)

Imposto sobre remédios A Agência Senado destacou em sua página na internet a proposta de emenda à Constituição (PEC 115/2011) do senador catarinense Paulo Bauer (PSDB) que proíbe a cobrança de impostos sobre medicamentos. Bauer teve que recorrer em Plenário para que a matéria voltasse a tramitar depois da rejeição na Comissão de Constituição e Justiça da Casa. A motivação é óbvia: com 35% de taxação sobre medicamentos, o Brasil ocupa o topo do ranking. A média mundial é de apenas 6%. A proposta deve ir para discussão em Plenário no fim do recesso.

Falando nisso… O novo secretário de Saúde do Estado, Acélio Casagrande, teve reunião com representantes das entidades hospitalares de Santa Catarina (Ahesc-Fehoesc-Fehosc). O encontro teve como objetivo firmar parcerias e pedir auxílio nos encaminhamentos com os hospitais filantrópicos catarinenses neste ano. Atualmente, pelo menos 75 hospitais filantrópicos atuam no estado e garantem assistência médica em todas as regiões. Casagrande reforçou a meta da regionalização da Saúde para os próximos 11 meses, ou seja, dar condições para que os pacientes não tenham que percorrer grandes distâncias para serem atendidos.

Medicina As notas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) vão ser usadas para a seleção de alunos que estarão na primeira turma do curso de Medicina da faculdade Estácio em Jaraguá do Sul. As inscrições para o processo seletivo encerram no dia 6 de março e podem ser feitas pelo site www.estacio.br/medicina