Por: SC Portais

Conforme estava acordado desde o final de 2016, na primeira sessão do novo ano legislativo o deputado Silvio Dreveck (PP) renunciou à presidência do Poder, abrindo espaço para o primeiro vice-presidente, deputado Aldo Schneider (MDB), assumir o cargo. Logo depois, o próprio emedebista conduziu a votação para que Dreveck fosse reconduzido à Mesa, agora na posição de seu vice. A posse de Schneider foi muito comemorada por caravanas que vieram de sua região, o Vale do Itajaí. Não só pelo significado político, mas pela superação. Ele passou praticamente todo o ano de 2017 em tratamento de saúde para vencer o câncer e está tendo êxito. Em sua fala, garantiu que manterá absoluta austeridade no controle de gastos.
Antes da mudança na presidência da Assembleia, o governador Raimundo Colombo apresentou sua oitava e última mensagem de abertura do ano legislativo. Falou dos números positivos de Santa Catarina, mesmo no período mais profundo da crise, e destacou especialmente o fato de o Estado ter liderado o ranking nacional de geração de emprego e crescimento do PIB. Por várias vezes agradeceu o apoio recebido dos deputados estaduais, afirmando que sem isso Santa Catarina poderia entrar em desequilíbrio semelhante ao de outros estados.

Não deu para segurar

O secretário de Estado de Segurança Pública, César Grubba, cercou o governador Colombo na saída do Plenário da Assembleia. Cumprimentos, sorrisos e conversa de pé de ouvido, no entanto, não evitaram o anúncio, ontem mesmo, pelo vice-governador Eduardo Moreira, que assumirá o governo no dia 16, que Grubba será substituído por Alceu de Oliveira Pinto Júnior, graduado em Direito (UFSC) e doutor em Ciência Jurídica (Univali). Na entrevista que concedeu à Coluna Pelo Estado, Moreira adiantou que queria “oxigenar a área”. Portanto, as mudanças não pararam por aí. O comandante da PMSC será o coronel Araújo Gomes e delegado-geral da Polícia Civil, Marcos Flávio Ghizoni Júnior.

Negou

Pouco antes do anúncio dos novos nomes da Segurança Pública, Grubba chegou a dizer à reportagem da Coluna Pelo Estado que aguardava um posicionamento do governador e do vice sobre sua situação. E negou que tenha planos de se candidatar, seja a deputado estadual ou a federal. Por outro lado, ainda que um tanto constrangido por ainda não ter saído do Comando Geral da Polícia Militar, o coronel Paulo Henrique Hemm confirmou que é pré-candidato à Assembleia Legislativa pelo PSD. Ele está se preparando para ir para a reserva da PMSC.

Chamou a atenção 1

Ao final da Mensagem do Governador, o até então presidente da Assembleia, Silvio Dreveck, pediu que os líderes das bancadas dos dois maiores partidos da Casa acompanhassem o governador Colombo à saída, gentileza habitual. A tarefa coube aos deputados Mauro de Nadal (MDB) e Milton Hobus (PSD). Hobus está cada vez mais próximo de Colombo e não está fora da disputa interna do partido para ser candidato ao Executivo estadual.

Chamou a atenção 2

O vice-governador Eduardo Moreira participou da primeira parte da sessão de ontem no Legislativo, mas não permaneceu para a posse de Aldo Schneider, companheiro de MDB. Tinha outros compromissos assumidos e o atraso no andamento da sessão o impediu de prestigiar a posse.

Capital Nacional

No primeiro dia da volta ao trabalho no Senado, ontem, a Comissão de Educação, Cultura e Esporte aprovou o relatório do senador Dário Berger (MDB-SC) que confere ao município de São Joaquim o título de Capital Nacional da Maçã. O município já é conhecido desta forma, mas apenas informalmente. A autoria do projeto é do deputado Ronaldo Benedet, também do MDB-SC.

Apoio federal

O secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan, assina hoje convênios com seis prefeituras para liberação de cerca de R$ 850 mil referentes ao programa de incentivo financeiro para o Carnaval 2018. O programa, com recursos do Funturismo, foi lançado em 22 de novembro do ano passado, com prazos para apresentação de propostas e atendimento dos critérios previamente definidos para a liberação de recursos. Foram contempladas, com diferentes valores, as propostas apresentadas pelos municípios de Balneário Rincão, Laguna, São Francisco do Sul, Itá, Balneário Arroio do Silva e Concórdia.