Por: SC Portais

A exposição crônica a agrotóxicos pode causar uma série de danos à saúde, alguns sequer considerados pela população. Obesidade, diabetes, infertilidade, câncer, endometriose, impotência, neurotoxidade, má-formação congênita, autismo, Alzheimer, depressão, doença de Parkinson é apenas uma parte de uma extensa lista de males resultantes do uso desse tipo de química, de acordo com o médico Pablo Moritz, do Centro de Informações e Assistência Toxicológica (Ciatox-SC).

Ele expôs a gravidade do assunto durante o I Seminário Intergovernamental sobre Controle de Agrotóxicos e Afins, realizado pelo Ministério Público (MP-SC) em parceria com a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola (Cidasc), para discutir ações e integrar os órgãos públicos no controle de agrotóxicos em território catarinense. De acordo com matéria publicada no site do MP-SC, nos últimos anos mudou o entendimento sobre os efeitos dos agrotóxicos.

Antes relacionados somente com a quantidade utilizada, hoje já se considera que os males dependem também da idade em que ocorre a exposição, especialmente nos períodos críticos do desenvolvimento – gestação, primeira infância e a adolescência. A coordenadora do Centro de Apoio Operacional do Consumidor, promotora Greicia Malheiros da Rosa Souza, disse que, diante das informações colhidas no seminário, serão identificadas as dificuldades para alinhavar estratégias de atuação de órgãos públicos no enfrentamento ao problema.

Leia também: Governo de Santa Catarina assina decreto que regulamenta uso de agrotóxicos

SC para carioca ver

Uma das máximas do Marketing é que não basta ter um bom produto, é preciso mostrar o produto ao mercado. É exatamente isso o que o Sebrae-SC e a Santur estão fazendo, entre ontem e hoje, no Rio de Janeiro – uma capacitação para os agentes de viagens do Rio de Janeiro sobre os destinos turísticos do estado. Agentes e operadores turísticos cariocas vão conhecer nestes dois dias 15 destinos de todas as regiões de Santa Catarina, já abrindo caminho para o estabelecimento de uma rede de contatos. Gerente da Unidade de Atendimento Coletivo do Sebrae-SC, Roberto Tavares disse que pelo menos 160 profissionais do setor devem passar pelo evento, chamado de Venha Descobrir SC, o que contribuirá para aumentar o fluxo de turistas cariocas no estado. Simultaneamente à capacitação, o Centro Sebrae de Referência ao Artesanato Brasileiro está recebendo também a exposição Entre Contrastes, que explora a qualidade do artesanato catarinense, mostra que segue até 12 de maio reunindo trabalhos de mais de 80 artesãos. | Foto: Divulgação Sebrae-SC

Largada Pinhalzinho, na região Oeste, vai sediar uma espécie de “largada” dos progressistas para as eleições de outubro. Um grande encontro marcado para esta sexta-feira (4) terá as presenças, já confirmadas, do pré-candidato do PP ao Executivo estadual, deputado federal Esperidião Amin, o pré-candidato a deputado federal Hugo Biehl e o pré-candidato a deputado estadual Altair Silva. Prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, presidentes municipais e lideranças de mais de 20 municípios devem participar do ato, preparatório para um grande evento estadual no dia 11 de maio.

Imbróglio Apesar de o PP estar na aliança com o PSD, o fato é que os dois partidos têm pré-candidatos ao governo. Amim e Gelson Merisio ainda não encontraram a forma para chegarem juntos às eleições. Um pequeno imbróglio que pode receber uma pitada a mais de dificuldade, já que ainda é desejo de Merisio trazer o PSDB do senador Paulo Bauer, também pré-candidato, para a coligação.

Isso ficou claro na 16ª Sabatina Regional, ontem, reunindo jornalistas e lideranças políticas da Grande Florianópolis. Merisio, que vem realizando esses encontros em todas as regiões, disse que ainda espera a vinda dos tucanos. Seria o 11º partido na coligação que apoia o projeto Merisio 2018.

Carros para a Assistência O governador  Eduardo Pinho Moreira e a secretária de Estado de Assistência Social, Romanna Remor, vão entregar hoje a ordem de fornecimento de veículos para 139 municípios de todas as regiões catarinenses, num investimento de R$ 7 milhões. O anúncio do ato causou a reação do deputado Valmir Comin (PP) na Tribuna da Assembleia. Ele foi secretário da pasta durante pouco mais de um ano no governo de Raimundo Colombo.

Indignado Ao mesmo tempo em que declarou estar satisfeito pela continuidade do trabalho iniciado por ele, não escondeu a indignação por ter sido criticado por Moreira exatamente pela compra de veículos para a área. Em aparte, Comin recebeu o apoio e o reconhecimento dos deputados tucanos Serafim Venzon e Leonel Pavan.

Consenso Por indicaçção do deputado Celso Maldaner (MDB-SC), a comissão especial que analisa o projeto da nova Lei de Licitações (PL 6814/17), em busca de consenso para  tornar o processo licitatório mais rápido, transparente e seguro, estará em Santa Catarina na próxima segunda-feira (7).