Por: SC Portais

Em meados de abril, o DNIT-SC anunciou o início imediato das obras de duplicação da BR-280, no trecho entre São Francisco do Sul e Araquari, e da BR-470, entre Blumenau e Indaial. Agora chegou a vez da região metropolitana da Grande Florianópolis. Depois de 36 anos, o trecho da BR-282 que dá acesso à Ilha de Santa Catarina vai passar por obras. Conhecida como Via Expressa, o trecho receberá duas terceiras faixas, uma em cada sentido, para o tráfego de ônibus e motos. Em entrevista coletiva nesta segunda-feira (30/abril), o diretor do DNIT-SC, Ronaldo Barbosa, e o deputado federal Jorginho Mello (PR) anunciaram que o edital de licitação para a obra sai na segunda quinzena deste mês de maio e as obras devem começar em julho.

Serão investidos R$ 36 milhões para a ampliação das terceiras faixas, que devem demorar 18 meses para serem finalizadas. Desde que foi inaugurada, em 1982, a rodovia federal mais movimentada do Estado passou por pouquíssimas mudanças e o limite de tráfego já ficou para trás há muito tempo. Para se ter uma ideia, de acordo com dados do DNIT, quando foi aberta ao tráfego a Via Expressa recebia, em média, 25,5 mil veículos por dia, volume que hoje passa dos 130 mil. Mello destacou que o recurso só foi conquistado por união do Fórum Parlamentar Catarinense, que reúne os 16 deputados federais e os três senadores catarinenses.

“O governo federal tentou por duas vezes bloquear o recurso, mas demonstramos a importância dessa obra para a região”, contou. As duas faixas centrais serão para o transporte público e para motos. O edital de licitação para a Rede Integrada de Transporte Coletivo Metropolitano está sendo previsto para julho. Mas, em função das eleições, o processo licitatório ficará para depois do período eleitoral. O projeto prevê a integração do transporte coletivo de oito municípios da Grande Florianópolis.

Economia criativa

O Sebrae-SC lança, no próximo sábado (5), o Espaço Sebraelab, para estimular a chamada economia criativa. O Gerente da Unidade de Atendimento Coletivo do Sebrae-SC, Roberto Tavares, explica que conceito de economia criativa é o conjunto de negócios baseados no capital intelectual e cultural e na criatividade que gera valor econômico. “O Sebraelab nasce com o propósito de se tornar um espaço de estímulo à criatividade e pretende ser a casa de empresários para troca de ideias e compartilhamento”, comenta Roberto, citando áreas como comunicação, moda, arte e gastronomia, entre outros. “Juntos, poderão fortalecer e potencializar a economia criativa em Santa Catarina”, completou. O lançamento do espaço será durante o Festival Sebraelab, das 9 às 18 horas, com uma programação extensa de palestras, workshops e rodas de conversas. A participação é gratuita e as inscrições podem ser feitas no local do evento. A programação completa pode ser acessada pelo link goo.gl/iYqEdQ

Novidades na LDO O secretário de Estado da Fazenda, Paulo Eli, disse à Coluna Pelo Estado que a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018 virá com alguns ajustes. Por exemplo, já foi incorporado à proposta que está na Assembleia Legislativa o teto dos gastos, individualizado por poder; a Saúde passará a ser tratada como um poder e receberá os recursos por duodécimo, no valor de 15% do orçamento; as sobras de recursos de todos os órgãos deverão ser devolvidas ao final do ano; e desvinculação da receita (DRE) – 30% dos recursos ficam com o Tesouro estadual para pagamento da Previdência Pública.

Mais dispensas Ontem, 30 de abril, o governador Eduardo Pinho Moreira confirmou as medidas para redução do custo da máquina pública estadual. A desativação de secretarias e o desligamento de comissionados, entre outras medidas, levarão a uma economia mensal de quase R$ 3 milhões. Até o final da semana, outros 50 comissionados serão dispensados.

Ao falar da situação financeira do Estado, Eli reconheceu que, para fechar o ano sem sobressaltos, seria necessário “um mês a mais de receita”. “Como isso não é possível, temos que fazer gestão. A prioridade das prioridades é manter a folha em dia e disso não abrimos mão.”

A Polícia Militar de Santa Catarina começa nesta quarta-feira (2) a programação comemorativa pela passagem dos 183 anos de criação da corporação, com apresentação da Banda de Música e homenagem aos militares mortos em serviço. A programação se estende até 6 de junho e prevê, entre outras atividades, Festival Equestre, Premiação Valorem Estadual e eventos para as famílias dos militares.