Por: SC Portais

“Fortalecimento dos municípios”

Líder da Bancada do PR, dep. Maurício Eskudlark

O  ano de 2017 foi de muitas conquistas e desafios. Em meu terceiro mandato assumi como quarto secretário da Assembleia, sendo assim o único representante da região Oeste na Mesa. Como líder da Bancada do PR, declaramos posição de independência, mantendo conversas com os líderes de governo e oposição, e tomando decisões pautadas no interesse da sociedade catarinense e não político-partidárias. Uma de nossas principais lutas foi fortalecer o setor da Saúde, agindo na cobrança de recursos públicos para, por exemplo, ampliar as especialidades no interior. A Segurança Pública, área em que atuei por mais de 30 anos, foi outra de minhas prioridades. Saímos em defesa dos excedentes dos concursos públicos, reivindicamos aumento de efetivo, melhorias na infraestrutura, além de apresentar projetos de valorização dos servidores. O setor de Infraestrutura foi alvo de nossas críticas e pedidos de melhorias, pincipalmente devido à situação calamitosa em que se encontram as rodovias estaduais e federais no estado. Em 2018 a bancada do PR continuará independente, criticando e votando contra do que for diferente de nosso posicionamento. Aqui, a política é levada a sério.

Com a promulgação da Emenda Constitucional 74/2017, que torna obrigatória a execução das emendas dos deputados ao Orçamento estadual, o deputado Maurício Eskudlark apresentou mais de R$ 5,5 milhões em emendas para diversas áreas. A Saúde será contemplada com mais de R$ 3,5 milhões do total, que serão investidos na aquisição de ambulâncias, compra de equipamentos e custeio de hospitais em todas as regiões de Santa Catarina.

O PR catarinense sempre foi favorável ao projeto de extinção das aposentadorias e pensões para ex-governadores e viúvas. A proposta de 2011 estava parada na Casa, até que, em 2015, o projeto recebeu emenda de Eskudark, voltando a tramitar. Com isso, no final de 2017 o texto foi aprovado na sua forma original, extinguindo de vez os benefícios. “Sempre considerei essa prática um privilégio absurdo”, observou.

“Interesse social”

Líder da Bancada do PSB, dep. Cleiton Salvaro

O  PSB tem realizado o verdadeiro trabalho de porta voz da população. Nossas ações são todas pautadas nas necessidades dos cidadãos catarinenses. Por isso apresentamos projetos de grande importância e interesse social, como a expansão do direito à isenção de IPVA para deficientes, sem dúvida um dos maiores destaques de 2017. Nesta reformulação da concessão da isenção, veículos acima de 2 mil cilindradas e movidos a diesel também são incluídos no rol de beneficiados. Devido às adaptações que precisam ser realizadas, estes modelos são os que oferecem maior espaço interno e têm mais potência, proporcionando mais conforto aos usuários. Temos hoje uma posição totalmente isenta e desprovida de politicagem. Nosso partido, durante esses quatro anos, é Santa Catarina. Nosso interesse é fazer apenas o que é melhor para nosso estado. O PSB tem trânsito livre em todas as esferas de governo. Mantemos excelente relacionamento com o Executivo estadual, que tem nos atendido de forma bastante dinâmica, o que não nos impediu de votar contrariamente em projetos que julgamos não serem de interesse público. Em 2018, manteremos a mesma posição.

Líder do PSB

Na Assembleia Legislativa, o deputado Cleiton Salvaro também é presidente da Comissão de Economia, Ciências, Tecnologia, Minas e Energia, além de presidente da Frente Parlamentar do Sul. “Temos tido uma atuação de bastante diálogo e posições firmes”, resume. Entre os destaques de 2017, ele aponta o projeto que autoriza a Celesc a assumir financiamento para investir em ampliação da capacidade de atendimento, levando energia a comunidades distantes em várias regiões do estado.

Em 2018

A Bancada do PSB terá grande importância para o processo político do estado, confia o parlamentar. O crescimento da sigla nas últimas eleições tem chamado a atenção de grandes lideranças que vislumbram no PSB, um partido sem vícios e com grande potencial. Realidade que se transfere para a atuação do partido na Alesc.