Por: SC Portais

Hoje e amanhã (1 e 2), em Florianópolis, acontece o I Seminário Estadual de Gestores da Política de Saúde, reunindo prefeitos, secretários de Saúde dos municípios, parlamentares e profissionais que atuam na área. Promovido pela Federação Catarinense de Municípios (Fecam), em parceria com a Escola de Gestão Pública Municipal (EGEM), o evento vai abordar a capacitação de quem atua no setor e discutir os desafios dos municípios na gestão da Saúde Pública. Mas o seminário também terá um momento de cobrança. O presidente da Fecam, Volnei Morastoni, prefeito de Itajaí, vai apresentar uma pauta de reivindicações para o tema. Entre os pontos de maior destaque, vai pedir o comprometimento com a Saúde, não só de direito, mas também de fato, por parte de todos os entes federativos, e vai cobrar o pagamento da dívida do Estado com os municípios. Além disso, Morastoni cobrará mais investimentos no setor, a priorização da atenção básica, a atualização da tabela do SUS e a revisão dos valores repassados para custear os programas federais. Ele teme aponta risco de colapso no sistema se não forem tomadas medidas urgentes. Para se ter uma ideia, só a dívida do Estado com os municípios está em torno dos R$ 150 milhões, de acordo com cálculos técnicos da Federação. “A  pauta  da  Saúde  é permanente. Temos muitos enfrentamentos a fazer em busca da  melhor  qualidade”, disse Morastoni em entrevista à Coluna Pelo Estado no dia de sua posse na Fecam.

Vai bater ponto
De passagem por Caçador e Lebon Régis, o pré-candidato à presidência do país pelo PDT, Ciro Gomes, adiantou que virá pelo menos uma vez por mês ao estado até a eleição. Quer ajudar a alavancar a candidatura a deputado federal do ex-ministro do Trabalho Manoel Dias. No roteiro que fez ao lado de Dias e do deputado estadual Rodrigo Minotto, acompanhado de lideranças locais do partido, Ciro Gomes destacou os bons números com que aparece nas pesquisas em Santa Catarina, perto dos 10%, conforme o cenário.

“Eles vão tratar de lavagem de dinheiro, da circulação de recursos e da utilização de outras tecnologias de comunicação que não podem hoje ser grampeadas e monitoradas pela polícia, como o WhatsApp. Tudo isso estará no anteprojeto.”
Presidente do Senado, Eunício de Oliveira (MDB-CE), em reunião com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e com o ministro do STF, Alexandre de Moraes, sobre a nova legislação de combate ao tráfico de drogas e armas no país e o sistema integrado de segurança pública

Ainda o PDT Manoel Dias é o nome mais forte do partido em Santa Catarina. Presidente estadual da sigla e secretário geral do PDT nacional, guarda o discurso trabalhista de Leonel Brizola. Por isso, mesmo o partido sendo considerado pequeno no estado, é interessante na composição de alianças e, neste momento do jogo, é o deputado Gelson Merisio, presidente do PSD, que está oferecendo as melhores condições para Dias concorrer a deputado federal. A chapa proporcional já tem bem costurada a participação do PDT, PSB, Solidariedade, PROS, Podemos e PRP, com PV e PCdoB podendo compor também.

Partido O ex-presidente do PSB em Santa Catarina, Antônio Bello Júnior, é agora o novo presidente do Partido Humanista da Solidariedade (PHS) no estado. A executiva estadual provisória acaba de ser homologada pela Justiça Eleitoral.
A sigla tem nove deputados federais e pretende participar ativamente das eleições deste ano em Santa Catarina, com nominata para Assembleia Legislativa e Câmara dos Deputados.

Turismo de Páscoa Durante este mês, a região do Vale Europeu deve receber pelo menos 200 mil visitantes, de outras regiçoes de Santa Catarina e de outros estados, para a 10ª Osterfest, a Festa de Páscoa de Pomerode. O evento começa hoje e só termina no domingo de Páscoa, 1º de abril. Os setores de hotelaria, indústria, comércio, gastronomia e serviços só de Pomerode projetam R$ 20 milhões de movimentação econômica no período, com reflexos as cidades vizinhas.

Novo portal Empreendedores que buscam tendências de mercado em áreas como economia digital, alimentação e bebidas, beleza e bem-estar, casa e construção já podem ter acesso a relatórios gratuitos de inteligência competitiva disponibilizados pelo Sistema de Inteligência Setorial (SIS) do Sebrae-SC. Remodelado, o novo portal do SIS amplia os serviços prestados para micro e pequenas empresas e passa a produzir material também para esses setores. Os estudos podem ser acessados no endereço sis.sebrae-sc.com.br