Por: SC Portais

Uma produtora de frutas finas de Itá, no Oeste catarinense, fechou contrato com a Engie para a implantação de uma micro usina fotovoltaica que irá gerar economia de 98% no valor da fatura de energia elétrica, atualmente em R$ 5 mil por mês. Os módulos fotovoltaicos vão ocupar área de 466 m² e serão instalados sobre uma estrutura que servirá também de abrigo para os cerca de 500 visitantes que a empresa recebe por mês. “Teremos uma área protegida para receber os convidados dos diversos eventos que realizamos ao longo do ano. Vamos também instalar um contêiner-loja, ampliando o espaço do Empório do Mirtilo”, explica Gleison Minella, diretor da Itaberry Frutas Finas. A agrícola tem a maior área contínua de mirtilos no país. São 33 mil pés em 13 hectares às margens do lago da hidrelétrica Itá, da qual a Engie é sócia e operadora. Dali saem,  anualmente, 25 toneladas da fruta. Cerca de 90% da produção é comercializada em São Paulo e de lá, distribuída para todo o país. “Ficamos satisfeitos em firmar parcerias com projetos inovadores”,  destaca Rodolfo de Sousa Pinto, presidente da Engie Geração Solar Distribuída. “A fonte solar está deixando definitivamente de ser apenas uma opção do futuro para se transformar em realidade. E está se tornando parte importante da matriz energética do país”, completa.

PROS aderiu
O presidente do Partido Republicano da Ordem Social (PROS), Tânio Barreto, pré-candidato a deputado estadual, anunciou ontem, na Assembleia, a adesão ao projeto do PSD para o governo do Estado, com o deputado Gelson Merisio na cabeça de chapa. Ele contou que as conversas se estenderam por pelo menos oito meses. “Essa decisão foi tomada em grupo e com apoio da Nacional. O PROS quer ser o sétimo maior partido do Brasil e vai lançar mais de 300 candidatos nessa eleição. O projeto local é equilibrado, conta com partidos muito bons, e isso nos motivou”, disse Barreto. Merisio defendeu que o projeto vai além das siglas, “tem base em projetos consistentes com respeito ao Estado e às pessoas. Hoje damos mais um passo importante na nossa caminhada”, declarou.
Participaram do ato deputados do PSD, PDT, PP e Podemos.

Prevenção
Afetados pelas últimas enchentes, seis municípios catarinenses assinaram ontem, em Brasília, convênios com a Defesa Civil Nacional, que liberou mais de R$ 6 milhões para obras de prevenção. O investimento teve a articulação do senador Dário Berger e de deputados como Mauro Mariani e Celso Maldaner, todos do MDB-SC, presentes no evento conduzido pelo coronel Newton Ramlow, secretário nacional da Defesa Civil.  Estavam presentes  os prefeitos de Curitibanos, Araquari, São João do Itaperiú, Lages, Timbó Grande e Major Vieira, além coordenador geral da Defesa Civil Nacional, Mushue Hampel Vieira.

Isenção para MEIs

A Comissão de Economia da Assembleia aprovou,, nesta quarta-feira, projeto de lei do deputado José Milton Scheffer (PP) que prevê a inclusão do Microempreendedor Individual  (MEI) na isenção de taxas estaduais. “A Lei do MEI é uma forma de trazer mais pessoas para a formalidade do mercado de trabalho”, projeta o parlamentar. A aprovação foi por unanimidade. Agora, o projeto, já aprovado na CCJ, vai para análise da Comissão de Finanças.

Missão inovação

Amanhã à tarde, o diretor de computação em nuvem da Microsoft no Brasil, Roberto Prado, fará palestra na Federação das Indústrias (Fiesc) sobre Transformação Digital, Indústria 4.0 e Inteligência Artificial. O executivo vem ao estado a convite da catarinense Teltec Solutions, parceira da multinacional no Brasil. Depois de Prado, será a vez do cientista Kumar Krishen falar da Importância das recentes Transformações Tecnológicas e suas Relações com o Desenvolvimento Econômico do País. O pesquisador ocupou posições estratégicas em programas avançados de observação da Terra e soma 53 anos de serviços prestados à NASA.