Por: SC Portais

Todos os candidatos à presidência da República foram convidados, mas somente Álvaro Dias, do Podemos, compareceu ao Empreende Brazil Conference, realizado no último sábado (15), em Florianópolis. A explicação de Dias para se fazer presente foi a necessidade de valorização do empreendedorismo, “essencial para um país que quer sacudir a poeira e dar a volta por cima, com desenvolvimento e com melhor qualidade de vida para as pessoas. Temos que valorizar sempre quem trabalha, quem empreende, quem produz. É  melhor forma de reduzir a pobreza”, disse ao defender o empreendedorismo como forma de reduzir as desigualdades regionais e sociais do país. Ao se dirigir a um público formado por cerca de 2 mil empresários, de todos os portes, fez duas críticas ao sistema financeiro brasileiro.
E comparou o que ocorre no Brasil com a realidade dos Estados Unidos. “Lá existem mais de 10 mil instituições financeiras de crédito, 6 mil cooperativas de crédito e mais de 4 mil bancos. São instituições financeiras regionais que estabelecem uma concorrência no mercado, o que possibilita a redução das taxas de juros. No Brasil há um monopólio: cinco grandes bancos determinam a nossa vida. Somos reféns. Economicamente eles decidem por nós. Por quê? Porque o governo virou o paraíso deles”, apontou. Álvaro Dias afirmou que são necessárias reformas urgentes no país, inclusive para pôr fim a esse tipo de situação, e capaz de financiar os investimentos para um governo inclusivo.
StartUp da Europa Entre os dias 24 e 26 de setembro, uma delegação liderada pela StartUp Portugal vai visitar Florianópolis para conhecer o ecossistema produtivo da Capital.  Com foco principal em tecnologia, os portugueses querem traçar possibilidades de investimentos e conexões entre os dois países com o objetivo de fazer de Florianópolis uma das portas de entrada dos seus recursos tanto no Brasil, quanto na América Latina. O grupo vai visitar  Sebrae-SC, a Associação Catarinense de Tecnologia (Acate), a Federação das Indústrias (Fiesc) e as empresas Resultados Digitais e Softplan.

Diferentemente do que a Coluna Pelo Estado chegou a anunciar, o candidato do PT à presidência do país, Fernando Haddad, estará em Florianópolis na próxima terça-feira (18), e não no próximo sábado (22). Ele terá comício às 18 horas, na frente da Catedral Metropolitana.

_________________
ENTREVISTA Gelson Merisio – Candidato ao governo do Estado – PSD

Nos três primeiros dias de cada semana, a Coluna Pelo Estado publica breves entrevistas com os candidatos ao governo do Estado. Entre os temas apresentados, o candidato pelo Partido Social Democrático (PSD), Gelson Merisio, escolheu falar sobre “Proteção à mulher e aumento de casos de feminicídio”.

[PeloEstado] – Como garantir que o Estado de fato aplique a Lei Maria da Penha?
Gelson Merisio –
Santa Catarina não conta com delegacia exclusiva para mulheres, como preconiza a Lei Maria da Penha. Assim como não possui uma rede ampla de casas de acolhimento para as vítimas que ainda aguardam do Poder Judiciário medidas protetivas.
É por isso que vamos atacar o problema nessas duas frentes.

[PE] – Como combater o feminicídio crescente no Estado?
Merisio –
A cultura da violência doméstica se combate com educação e conscientização. Educação das crianças para que não sejam adultos agressores. E conscientização das mulheres para que denunciem qualquer forma de abuso. Somente com essa união de esforços é que conseguiremos reduzir o número de feminicídios em Santa Catarina. As estatísticas são inaceitáveis e retratam o quanto ainda temos que evoluir quando se fala em proteção às mulheres.

[PE] – E como garantir maior participação delas na elaboração de políticas públicas e nas questões de governo?
Merisio –
No meu governo vamos resgatar uma dívida histórica que temos com as mulheres. Como já afirmei em outras oportunidades, 50% das funções executivas do meu governo serão exercidas por mulheres. A nossa administração vai promover a participação das mulheres num nível nunca antes registrado em Santa Catarina.

A Coluna Pelo Estado, como ferramenta de integração editorial dos diários associados e parceiros da Associação de Diários do Interior (ADI-SC), é parte do projeto Cobertura Eleições SC 2018 – Jornais Impressos e Digitais, realizado em parceria com a Associação dos Jornais do Interior (Adjori-SC) e com a participação do SCPortais de Notícias (scportais.com.br) e da Rede Catarinense de Notícias (rcnonline.com.br).