Por: Coluna Pelo Estado

Os números do Vacinômetro que estão disponíveis dentro do site coronavirus.sc.gov.br, do Governo do Estado, apontam que em Santa Catarina 3.051.017 pessoas já tomaram ao menos uma dose de vacinas contra a Covid-17, o que representa 42,07% do total. Desses, 1.002.717, ou 13,83% da população catarinense, já receberam as duas doses e fecharam o ciclo da imunização. Dentro dos grupos prioritários, os números sobem: 94,46% já receberam ao menos uma picada e 39,38% concluíram a estratégia de proteção contra o coronavírus.

Os dados são animadores e não permitem relaxamento neste momento A vacinação é um ato necessário para proteção individual e coletiva, mas para ser totalmente eficaz tem que ser aplicada em duas doses para garantir a imunidade e prevenir óbitos, nos casos graves da Covid-19, e conter a pandemia, independente da marca do imunizante. Essa é a avaliação de médicos e deputados integrantes da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), que defendem uma maior conscientização das pessoas sobre a importância da segunda dose da vacina e de já planejar a compra de reforços anuais.

O deputado Neodi Saretta (PT), presidente da comissão, defende que o Estado precisa avançar mais. “O governo tem que ser pró-ativo, pensar no futuro.” O deputado Dr. Vicente Caropreso (PSDB), único médico entre os 40 parlamentares, afirma que a vacina é a solução para o enfrentamento da pandemia. “É importante que desde vereadores, prefeitos, secretários, governadores e principalmente, o presidente da República, incentivem, além da vacinação, o uso de medidas preventivas. Enquanto as pessoas não se vacinarem é preciso se cuidar, com uso de

Governador Carlos Moisés postou vídeo destacando lançamento do projeto | Reprodução

INOVAGOV SC

Uma ação inédita vai reunir o governador Carlos Moisés da Silva; o presidente da Alesc, deputado Mauro de Nadal; o presidente do TJSC, Ricardo Roesler; além do chefe do MPSC, Fernando Comin e o presidente do TCE, Adircélio de Moraes Ferreira Júnior no lançamento do INOVAGOV SC, um projeto que visa fomentar a inovação no setor público de Santa Catarina. O lançamento oficial será nesta quinta-feira, 15, com a participação dos representantes de poderes e órgãos. Vídeos sobre a ação já estão no Instagram dos integrantes da ação.

Primeira infância

A assinatura do Pacto Nacional pela Primeira Infância, iniciativa do Poder Judiciário em prol da consolidação do Marco Legal da Primeira Infância, foi um dos assuntos debatidos durante a reunião do grupo de trabalho (GT) Ações contra a Violência às Crianças e Adolescentes, promovida na manhã desta segunda-feira, 12. O GT é vinculado à Comissão de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente da Assembleia Legislativa e foi instituído com o objetivo de articular órgãos e instituições que compõem a rede de proteção da criança e do adolescente. A deputada Marlene Fengler (PSD), presidente da comissão e coordenadora do GT, explicou que nesta fase do trabalho está sendo feito um diagnóstico das ações desenvolvidas por cada instituição parceira.

Rodovias

O deputado Silvio Dreveck (PP) voltou a destacar na Alesc a necessidade de obras de infraestrutura. O parlamentar defende investimentos na revitalização da SC-418, entre Joinville e São Bento do Sul, para favorecer toda região Norte do Estado, beneficiando a exportação dos produtos pelos portos da região. “De Pirabeiraba, em Joinville, a São Bento do Sul, são cerca de 60 quilômetros que mereciam uma duplicação”. Outra rodovia defendida pelo deputado é a SC-414, em Itaiópolis.

Veículos

O deputado federal Hélio Costa indicou 4 veículos para a Polícia Civil de Santa Catarina. Um vai para a unidade de Xaxim, no Oeste do Estado, e os outros três carros são para a Polícia Civil de Florianópolis. O montante financeiro é de R$ 670 mil. Os equipamentos fazem parte da Emenda Impositiva da Bancada Parlamentar Catarinense, incluída na Lei Orçamentária Anual de 2021. Para Xaxim, será enviada uma picape 4×4, no valor de R$ 220 mil. Já para a Capital são três viaturas encaminhadas, uma delas para a Delegacia de Homicídios.

Ewaldo Willerding