Por: Coluna Pelo Estado

Orientada pela advogada Karina Kufa, indicada pela família Bolsonaro, a vice-governadora Daniela Reinehr (sem partido) pediu mais prazo à Comissão de Impeachment com alegação de que seria necessário mais tempo para juntada de documentos, no processo que também investiga o governador Carlos Moisés (PSL) e o secretário Jorge Tasca (Administração).

Rompida com Moisés, Daniela tem se movimentado nos bastidores e, há quem diga, já costurando um hipotético governo no caso da queda do chefe do Executivo.

Parte dessa movimentação é percebida nas constantes viagens a Brasília, onde tem tentado assumir protagonismo ao fazer anúncios para o estado e na aproximação de figuras ligadas ao presidente Bolsonaro.

O pedido de alargamento do prazo da Comissão chegou a ser encarado como manobra meramente protelatória, ou seja, só serviria para atrasar o andamento dos trabalhos.

A comissão indeferiu o pedido. O relator, deputado Luiz Fernando Vampiro (MDB), disse ainda que “nessa fase processual, não cabe a juntada de documentos”.

:.Leia a Coluna Pelo Estado desta sexta-feira, 11 de setembro

Terça-feira

A próxima reunião da Comissão de Impeachment vai apresentar e votar o relatório final, que vai recomendar o acatamento ou não da denúncia. A reunião está marcada para terça-feira, 15, às 9h. Se for aprovado pelo colegiado, o texto final será lido em sessão ordinária, publicado no Diário Oficial da Assembleia e transformado em um projeto de decreto legislativo (PDL). Decorridas 48 horas da publicação, o PDL será colocado para discussão e votação em Plenário, onde precisa de 2/3 dos votos dos deputados (27 votos favoráveis) para ser aprovado.

Supermercado

Arroz, leite longa vida e óleo de soja acumulam aumento de cerca de 20% no preço. Após a disparada, o governo federal notificou as principais empresas e associações ligadas à produção e distribuição de alimentos da cesta básica para que se expliquem a respeito do aumento. A notificação é da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), ligada ao Ministério da Justiça. Os supermercados negam que são os vilões dessa história e justificam o aumento nos preços, devido ao excesso de demanda e à falta de oferta.

TPA

O Ministério Público abriu inquérito civil contra o prefeito de Governador Celso Ramos, Juliano Duarte Campos (PSB), para apurar a prática de atos de improbidade administrativa por não ter encaminhado à Câmara de Vereadores, mensalmente, o relatório dos valores arrecadados com a cobrança da Taxa de Preservação Permanente (TPA). Em agosto, o Tribunal de Contas determinou a suspensão da cobrança, apontando irregularidades no contrato, como inconsistências no valor arrecadado e pago no contrato, além de falta de detalhamento de custos.

Auxílio Emergencial

O consumo da população brasileira já pode ser medido pelo efeito do auxílio emergencial pago pelo governo federal. Quanto mais pobre a região do país, maior o efeito do auxílio sobre o consumo. No Norte do Brasil, o consumo cresceu 37% nas primeiras três semanas de julho. No Nordeste e Centro-Oeste, a alta foi de 16%, e no Sudeste e Sul, o crescimento ficou em 2% e 1%, respectivamente.

Defesa pessoal

O deputado Kennedy Nunes (PSD) se disse perplexo com o envolvimento da Procuradoria Geral do Estado no processo de impeachment da Alesc.

Coluna Pelo Estado

Edição e textos: Fábio Bispo

Conteúdo e redes sociais: Nícolas Horácio