Por: Coluna Pelo Estado

Uma das promessas da governadora interina Daniela Reinehr (sem partido) era o de rever os decretos relacionados à pandemia. No entanto, consultada nesta quinta-feira, 27, a assessoria da governadora disse que não há previsão para as mudanças nos decretos.  A assessoria confirmou que o secretário de Saúde, André Motta, deve ser substituído, mas ainda sem data para isso acontecer.

A insatisfação na pasta da Saúde parece mútua. Motta tem se mantido reservado, sem dar entrevistas, mas cumprindo agendas sem estar junto, em público, com a nova mandatária assumiu o posto.

Até o momento, Daniela fez mudanças na Casa Civil, onde nomeou general da reserva Ricardo Miranda Aversa, e na Procuradoria-Geral do Estado, com a nomeação de Dagoberto Brião. Ainda segundo assessoria da governadora, as próximas mudanças devem ocorrer de forma gradativa.

Ainda nesta quinta-feira, a governadora cumpriu agenda na Alesc, onde visitou o presidente Julio Garcia (PSD) e apresentou o novo chefe da Casa Civil ao parlamento.

A visita é emblemática, já que segundo interlocutores a absolvição de Daniela no impeachment frustrou as possibilidades de Julio Garcia assumir o governo de forma interina.

No entanto, o encontro seguiu a etiqueta republicana e transcorreu de maneira tranquila. Antes do impeachment, Daniela já tinha visitado Garcia e se comprometido a respeitar o parlamento caso fosse eleita.

 

:. Leia PDF da Coluna Pelo Estado

Nazismo

A governadora Daniela Rainehr emitiu uma nota nesta quinta-feira, 29, onde afirma ser contrária ao nazismo. O posicionamento veio após Daniela não explicar na sua primeira coletiva de imprensa se concorda ou não com as ideias revisionistas do pai, professor de história negacionista do holocausto judeu.

 

Restrita

Reprodução/PE

A deputada federal Caroline De Toni (PSL) exibiu armas restritas às Forças Armadas nas suas redes. Entre elas, um fuzil. A parlamentar, apoiadora do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), defendeu o porte de arma. “Um governo que defende o seu povo, sempre dará o direito aos seus cidadãos de portar uma arma para defender a sua vida e de sua família, a sua propriedade e a sua liberdade”, escreveu.

 

 

Estupro

O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, do DEM, candidato a reeleição, foi denunciado por estupro por uma ex-funcionária comissionada. Na denúncia a mulher de 46 anos conta que os abusos começaram em 2017 e seguiram até 2019. Ela trabalhou no município até agosto deste ano, quando saiu para concorrer às eleições, pelo mesmo DEM de Gean.

 

Guardião da História

O Jornal Amorim, que cobre a região do Extremo-Sul catarinense circula sua última edição nesta sexta-feira, 30. Inaugurado em 1996 como Jornal Destaque, um semanal, de lá pra cá mudou para O Destaque, Destaque Gaúcho e Destaque Catarinense. Em outubro 2008, passou a atender pelo nome de Jornal Amorim. Foram  4.813 edições num tempo em que o impresso deixou de ser a primeira opção dos nossos leitores. Um lamento para os leitores que perdem o jornal em papel. O grupo segue fazendo a cobertura diária da região pelo portalamorim.com.br.

 

Impeachment

O Tribunal Especial de Julgamento referente ao segundo pedido de impeachment contra o governador Carlos Moisés da Silva (PSL) será instalado nesta sexta-feira (30), em sessão marcada para às 10 horas, na Alesc.

 

Tsunami

No dia 29 de outubro de 2019, o Litoral Sul de SC registrou uma onda do tipo tsunami. A onda foi registrada pela Epagri, inicialmente em Balneário Rincão, passando por Imbituba, Florianópolis até Balneário Camboriú 2 horas e meia mais tarde.

Coluna Pelo Estado

Edição e textos: Fábio Bispo 

Conteúdo: Patricia Krieger

peloestado@gmail.com