Por: Coluna Pelo Estado

O juízo da 2ª Vara Criminal da comarca de Blumenau condenou um empresário do ramo imobiliário a 48 anos de reclusão, em regime fechado, e 470 dias-multa, pela prática de associação criminosa e 41 crimes de estelionato. Ele cometeu um golpe milionário, vendendo apartamentos na planta, que nunca foram entregues às vítimas. Algumas unidades, inclusive, foram vendidas em duplicidade.

Neste processo, referente a um único edifício, 40 pessoas foram lesadas – um prejuízo aproximado de R$ 4,5 milhões. O mesmo golpe, em relação a outros edifícios em construção em Blumenau, é apurado.

Além do empresário, outro réu foi condenado a três anos e seis meses de reclusão, em regime aberto, substituída por duas restritivas de direitos, e 25 dias-multa, pela prática do crime de associação criminosa e de quatro crimes de estelionato. Um terceiro réu foi condenado a quatro anos e quatro meses de reclusão, em regime semiaberto, e 33 dias-multa, pela prática do crime de associação criminosa e de três crimes de estelionato.

Os réus também foram condenados ao ressarcimento dos prejuízos causados às vítimas. O processo tramita em segredo de justiça.

Com informações do TJSC.